Alta no preço dos imóveis desacelera pelo quarto mês seguido

A alta dos preços dos imóveis desacelerou pelo quarto mês consecutivo, de acordo com pesquisa divulgada pela Fipe esta semana. Segundo os dados, no mês de julho de 2011 a alta nos preços foi de 2,1%, menor que a apresentada em abril (2,7%), maio (2,6%) e junho (2,3%). Apesar das consecutivas quedas, a alta acumulada no ano é de 17%.

No acumulado dos últimos 12 meses a maior variação aconteceu no Estado do Rio de Janeiro, com alta de 43%. Em seguida aparecem  São Paulo (+29%), Recife (+28%) e Belo Horizonte (+27%). O Rio de Janeiro também lidera a alta nos preços anunciadas desde janeiro de 2008, com variação positiva de 132%, seguido por São Paulo, com alta de 106%.

O preço do m² mais caro entre as capitais do País em julho de 2011 foi registrado no Distrito Federal, R$ 7.748,00, seguido por Rio de Janeiro (R$ 6.745,00) e São Paulo (R$ 5.571,00). Na outra ponta da tabela está Salvador (R$ 3.411,00). Na média nacional o preço do m² em julho foi de R$ 5.722,00.

Fonte: Jornal do Brasil

Comentários