Prefeitura do Rio pode ser vendida para pagar dívida de R$1 bilhão

Para pagar uma dívida bilionária do tesouro municipal com o Fundo de Previdência do município (Funprevi), o prefeito Eduardo Paes  solicitou a Câmara dos Vereadores uma autorização para vender os dois prédios localizados na Cidade Nova, que sediam a prefeitura do Rio de janeiro. Além deles, o prefeito pretende vender outros 12 imóveis na região do Teleporto. Juntos os prédios somam o valor de R$1,2 bilhões.

Se os vereadores aprovarem o projeto de lei proposto pelo prefeito, que visa estabelecer um plano para saldar o débito com o Funprevi, a sede do Executivo municipal desde a década de 80 poderá ser vendida a qualquer momento ou por futuras administrações. 

Leia mais

Comentários