Oportunidade: Poulação de sozinhos triplica e chega a quase 7 milhões

Pense em uma oportunidade percebida com primazia por industrias como a de alimentos, que há muito já espalhou suas porções individuais e seus congelados semi-prontos que exigem apenas o micro-ondas. 

Agora imagine esse mesmo perfil usado pelo setor imobiliário. Segundo o IBGE já somos quase 7 milhões de sozinhos, ou seja, imóveis com apenas um morador. Só em SP ( leia aqui), já são 500 mil. 

Mas se for perceber, os apartamentos menores de um quarto praticamente sumiram dos lançamentos e quando surgem vem com o glamoroso nome de "estúdio", o que encarece o produto e afasta a maioria dos compradores. 

Ao se levar em conta que é possível cobrar o mesmo preço de metro quadrado e que a demanda está reprimida, construtoras estão perdendo a chance de sair na frente a apostar no filão, enquanto seguem apanhando para manter os VGVs em dia. 

Para entender mais essa tendência de sozinhos e a oportunidade que eles representam, leia aqui e veja que já tem gente se aproveitando disso e oferecendo serviços específicos para solitários aqui    .

Comentários