Novos tempos. PDG, maior do Brasil quer zerar atrasos.

Prestes a concluir o processo de integração das operações da Agre, a construtora e incorporadora PDG Realty, parceira no Pará da Leal Moreira, tem como estratégia para este ano zerar atrasos em obras, concluir entregas e estabilizar despesas.

Anunciada em maio de 2010. a aquisição da companhia que reunia Agra, Abyara e Klabin Segall permitiu à PDG "se tornar líder no setor em todos critérios", segundo o presidente-executivo Zeca Grabowsky, posição que o executivo pretende manter.

Por outro lado, a companhia herdou um alto volume de obras atrasadas, saldo que espera zerar ao longo dos próximos meses.

"Obra que herdou atrasada não tem milagre... Mas 2011 é o ano para zerar atrasos e entregar", disse Grabowsky nesta terça-feira em teleconferência sobre os resultados financeiros apresentados mais cedo.

Comentários