Urbanização é arma para manter ocupação nos morros


A completa ausência do poder público oficial, gerou o poder paraleleo do tráfico. Um estado dentro do estado, suportado por quem vive denro e tolerado por quem vive fora.

A ação da última semana devolver ao estado de direito as áreas e a auto-estima a população. Mas os governops sabem que conquistar é só uma das fases. Manter, com o apoio das comunidades exige ação, além do discurso.

A urbanização terá papel fundamental nessa fase seguinte a ocupação. A urbanização que no caso de Belém, poderia servir para reduzir o impacto dos bolsões de misérias em regiões como a Augusto Montenegro, O Curuçanmbá, em Ananindeua e por ai vai. 

A violência se combate também com alções afirmativas. Cidadão com direito respeitado não tolera marginal que possa colovcar em risco tudo que já foi conquistado.

Leia mais aqui e aqui em matérias do Globo

Comentários