Casa menor que contrato obriga empresa a devolver dinheiro

O TCU (Tribunal de Contas da União) determinou hoje que o GDF (Governo do Distrito Federal) reduza em quase 16% o valor de um contrato de construção de 1.290 casas populares na capital do país. As casas estavam sendo construídas em tamanho menor que o contratado.

Segundo relatório do ministro Aroldo Cedraz, do valor total do contrato (R$ 38,7 milhões), a empresa deixará de receber R$ 6,1 milhões.

Os técnicos apuraram que as casas foram feitas com menos material que o que estava contratado. No caso dos blocos de alvenaria, o contrato previa 140 m2 por imóvel, mas estavam sendo usados 125 m2.

Leia mais aqui

Comentários