Pular para o conteúdo principal

Pequeno, bem localizado e caro é tendência irreversível

Aos olhos de construtoras e incorporadoras, o filão de imóveis compactos, de até 40 m² e localizados em bairros de classes média e média alta, tem se agigantado no mercado paulistano.

O metro quadrado desse modelo já se aproxima dos R$ 8 mil em várias capitais.

Diferentemente das antigas quitinetes, os novos apartamentos pequenos -entre os quais se destacam os estúdios, sem paredes- se sustentam nos conceitos de estilo e de funcionalidade.

"O perfil desse cliente é moderno, urbano, de quem não faz conta do valor por metro quadrado, mas do que pode pagar", diz um diretor da área;

Leia mais aqui e aqui


Comentários