Boom brasileiros atrai "estrangeiras"

A franquia Re/Max desembarcou no país no fim de 2009 com metas audaciosas para o mercado imobiliário nacional. Um ano antes, tinha sido a vez da Century 21. E a próxima imobiliária americana que, segundo o mercado, vai começar a atuar por aqui é a Coldwell Banker.

O movimento das companhias de migrar para países em desenvolvimento é uma resposta à crise americana, deflagrada em 2007, que derrubou os preços dos imóveis em até 70%. A Re/Max abriu seis lojas franqueadas que já estão em operação em quatro estados: São Paulo, Rio, Bahia e Rio Grande do Sul e aposta em 18 regionais num curto espaço de tempo.

Veja mais

Comentários