Uma casa do Futuro


Basta girar o quarto ou deslocar uma das paredes da sala para contemplar uma paisagem diferente.

E se precisar de uma sombra na varanda, uma opção é mover um pouco a laje. Afinal, quase tudo nesta casa é móvel.

É só apertar um botão e os cômodos correm sobre trilhos. Os responsáveis por este projeto flexível, o Tic Tac, são os arquitetos Fernando Forte, Lourenço Gimenez e Rodrigo Marcondes Ferraz, do escritório paulistano FGMF.


O modelo de imóvel foi criado a pedido da revista britânica Wallpaper, que incluiu o trio no ranking dos 30 profissionais mais promissores do mundo na área de arquitetura.

O Tic Tac tem 77 metros quadrados com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Isso quando está todo fechado, sem dar giros de até 180 graus em algum dos cômodos, deslocar paredes ou a laje superior. Pois, nesse caso, a casa pode atingir o triplo do tamanho original.

Leia mais

Comentários

regiane disse…
Arquitetura limpa, funcional e de estremo bom gosto, torço que o projeto vá em frente e que estimule todos os profissionais da area a seguir o bom exemplo!