Japoneses ganham "Nobel" da arquitetura

Os arquitetos japoneses Kazuyo Sejima e Ryue Nishizawa, uma dupla elogiada por usar materiais de construção ordinários para criar estruturas etéreas, conquistaram o Prêmio de Arquitetura Pritzker 2010, anunciado neste domingo, 28, pelo júri.

Sejima, de 54 anos, e Nishizawa, de 44, se juntaram a nomes como Frank Gehry, Rem Koolhaas e Renzo Piano, ao receberem a honra máxima no campo da arquitetura em reconhecimento aos museus de arte, edifícios universitários e butiques sofisticadas que desenharam no Japão, Europa e Estados Unidos.

"Queremos fazer uma arquitetura que as pessoas gostem de usar", disse Sejima, referindo-se as estruturas da dupla para praças públicas, onde os visitantes podem andar livremente em grupos ou encontrar nichos confortáveis para passar o tempo. "O júri, de alguma forma, apreciou nossa forma de fazer arquitetura." Mais

Comentários